Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Defesas de Trabalho

Página: 1/1.

<< Anterior
Próximo >>
2017 
Título: Os donos do poder: patrimonialismo estamento ou modernização da política coxinense KOHL e MOCHI 1992-2017 
Data: 15/05/2017  Orientador: Samuel de Jesus 
Banca: Marcelo Rocha Barros Goncalves, Renato Jales Silva Junior, Samuel de Jesus 
Alunos: ALEX FABIANO MULLER (ING: 2015/2) 
Área: HISTÓRIA REGIONAL DO BRASIL 
Curso: Especialização em Teoria e Metodologia do Ensino de História
Resumo
Os donos do poder: patrimonialismo estamento ou modernização da política coxinense KOHL e MOCHI 1992-2017 X
Ao procurarmos o entendimento relativo à natureza do poder recorremos inicialmente a uma grande obra escrita por um grande pensador, estamos falando de "Os donos do poder" escrito por Raymundo Faoro. Nesta bela obra Faoro busca as raízes ibéricas (portuguesas) para compreender as origens das estruturas do poder que herdamos dos portugueses, tais como o Patrimonialismo e o Estamental. Iremos estudar dois líderes do cenário político da região Kohl e Mochi para o entendimento da política da cidade de Coxim, por ser uma cidade com mais de cem anos de emancipação, sua história política está atrelada aos moldes descritos por Faoro, essa que poderemos discorrer melhor a visão em sua proposta estamental e que adere ao patrimonialismo.
Arquivo(s)
 
Título: A importância dos estudos de gênero na escola: um debate necessário 
Data: 11/05/2017  Orientador: Eliene Dias de Oliveira 
Banca: Eliene Dias de Oliveira, Geovana Quinalha de Oliveira, Silvana Aparecida da Silva Zanchett 
Alunos: Luciel Furtado de Amorim (ING: 2015/2) 
Área: HISTÓRIA DO BRASIL 
Curso: Especialização em Teoria e Metodologia do Ensino de História
Resumo
A importância dos estudos de gênero na escola: um debate necessário X
O presente artigo tem por objetivo fazer uma abordagem sobre a importância dos estudos de gênero na escola, para tanto foi realizado um levantamento bibliográfico afim de fundamentar os argumentos expostos, como a elucidação do conceito de gênero, bem como, enfatizar de maneira argumentativa a necessidade dos debates acerca da temática proposta dentro das unidades de ensino para a promoção de uma sociedade conhecedora da sua diversidade social e cultural, haja vista que, a identidade de gênero é o que refere-se ao modo como um cidadão se reconhece dentro de padrões estabelecidos socialmente. Tece um breve histórico do movimento feminista e sua importância na inserção do debate nas instituições de ensino básico.
Arquivo(s)
 
Título: Elites: visão sobre os grupos políticos  
Data: 06/05/2017  Orientador: Henry Marcelo Martins da Silva 
Banca: Henry Marcelo Martins da Silva, Renato Jales Silva Junior, Silvana Aparecida da Silva Zanchett 
Alunos: MARISTELA GOES MARTINS (ING: 2015/2) 
Área: HISTÓRIA DO BRASIL REPÚBLICA 
Curso: Especialização em Teoria e Metodologia do Ensino de História
Resumo
Elites: visão sobre os grupos políticos X
O presente artigo trata das mudanças da elite política ao longo do tempo no município de Coxim, abordando o alargamento de determinados grupos sociais de poder,  tendo como base a mobilidade na Câmara Municipal. Bem como também traz a reflexão sobre a construção, articulações  e mudanças do perfil das elites
Arquivo(s)
 
Título: Música regional: divisionismo e identidade cultural em Mato Grosso do Sul 
Data: 06/05/2017  Orientador: Renato Jales Silva Junior 
Banca: Dolores Puga Alves de Sousa, Eliene Dias de Oliveira, Renato Jales Silva Junior 
Alunos: CARINA BONNY (ING: 2015/2) 
Área: HISTÓRIA REGIONAL DO BRASIL 
Curso: Especialização em Teoria e Metodologia do Ensino de História
Resumo
Música regional: divisionismo e identidade cultural em Mato Grosso do Sul X
Este texto tem como objetivo principal analisar a produção de significados após a divisão do estado de Mato Grosso do Sul, que data 11 de Outubro de 1977, cujo objetivo era construir uma nova história. A escolha para investigar o tema foi a produção musical que construiu uma nova roupagem para o estilo regional, indumentária e letra das canções. Dessa forma, entendemos as produções musicais do período, como uma forma de contribuir para as construções identitárias do novo Estado recém-instituído. Para essa análise será recorrente o uso de duas fontes principais, que são as seguintes canções: Relembrando Mato Grosso (1963) de composição e interpretação de Délio e Delinha, e Sonhos Guaranis (1982) de composição de Paulo Simões e Almir Sater. Desse modo abordar e discutir a problemática de que a música pode contribuir para a busca de uma identidade cultural projetando uma determinada imagem simbólica, na tentativa de identificar essa nação como homogênea.
Arquivo(s)
 
Título: A Contribuição do Intelectual Henrique Spengler para a identidade Regional Sul-mato-grossense 
Data: 05/05/2017  Orientador: Renato Jales Silva Junior 
Banca: Marcos Lourenco de Amorim, Renato Jales Silva Junior, Talitta Tatiane Martins Freitas 
Alunos: josimar Ferreira dos Santos Miranda (ING: 2015/2) 
Área: HISTÓRIA DO BRASIL REPÚBLICA 
Curso: Especialização em Teoria e Metodologia do Ensino de História
Resumo
A Contribuição do Intelectual Henrique Spengler para a identidade Regional Sul-mato-grossense X
Este trabalho tem como objetivo fazer uma análise e reflexão sobre o basilar pensamento do intelectual, artista e historiador Henrique Spengler no que se refere a sua contribuição para a identidade cultural Sul-mato-grossense. Sabemos que sempre há influências teóricas no ideário dos pensadores e fazedores de cultura e acreditamos que esse precursor do chamado Movimento Cultural Guaicuru também tenha bebidos em salutares fontes. O que pretende-se aqui é verificar se os Kadiwéu são o símbolo singular da resistência, luta e adaptação sem perder a sua própria identidade cultural. Esse estudo será referendado pelos importantes trabalhos de alguns teóricos da contemporaneidade. Tomamos como referencial o livro Representações do intelectual de Edward Said
Arquivo(s)
<< Anterior
Próximo >>